Médium de Sustentação

Versão para impressãoVersão para impressão
Arquivo(s) para Download: 
AnexoTamanho
medium_de_sustentacao_jan2017.pdf511.27 KB

Devido à necessidade de se ter um conhecimento unificado na divulgação dos princípios da Doutrina Espírita, surgiu o presente estudo, cujo enfoque é a prática mediúnica, tendo como objeto principal de exame o papel do médium, designado de “médium de sustentação”.

Em nossas experiências, como estudantes e aprendizes da Doutrina Espírita, não temos encontrado estudos que tivessem sistematizado especificamente o assunto ou a expressão “médium de sustentação”. Encontramos denominações tais como: “participante” ou, outras vezes, “assembléia” ou “assistente”, “vibracional” e “apoio”.

Modernamente o termo “médium de sustentação”, vem sendo aplicado, entre outros, ao encarnado que, participando de uma reunião mediúnica, não sinta qualquer influência significativa à presença de um espírito desencarnado. Tendo em vista esse aspecto, podemos fazer a seguinte pergunta: Pode este médium de sustentação apresentar o que Allan Kardec nomeou de “mediunidade Natural” ou de “mediunidade generalizada”? Não somente tal questionamento, como também as implicações morais acerca da tarefa mediúnica serão alvo de nossa abordagem, tendo como objeto central de análise o papel do médium de sustentação.