Incentivo à Leitura é tema de campanha voltada a crianças e jovens

 
A vida adulta exige muitas responsabilidades, pois é necessário saber lidar com os desafios que surgem cada dia mais complexos. E se for possível preparar o terreno antes que o adulto floresça?
 
A infância e a juventude constituem momentos fundamentais para o desenvolvimento humano, e o hábito da leitura nessas fases pode auxiliar na construção de valores e referências para o futuro. Pensando nisso, a Área de Infância e Juventude (AIJ) do Conselho Federativo Espírita de Minas Gerais (COFEMG) promove a campanha “Eu tenho atitude leitora” que incentiva a criação de espaços de leitura e bibliotecas infanto-juvenis nos Centros Espíritas. 
 
O hábito da leitura na infância ajuda a trabalhar na criança o raciocínio crítico e a aprendizagem. Além disso, é preciso lembrar que o codificador do Espiritismo, Allan Kardec, desde o início do século XIX recomendou: “Amai-vos e instruí-vos”. Por que deixaríamos as crianças e os jovens de fora? É necessário incluí-los e auxiliá-los a desenvolver suas melhores potências e o evangelho apresentado em linguagem apropriada para cada idade é uma das formas de agir de acordo com a proposta de Kardec.
 
Segundo a AIJ-COFEMG, o ideal que move a campanha é a passagem da Parábola do semeador: “Mas, o que foi semeado em boa terra é o que ouve e compreende a palavra; e dá fruto, e um produz cem, outro setenta, e outro trinta. (Mateus 13:23). Isso porque, para a AIJ, a passagem expressa a importância da leitura espírita, “que é profunda e oportuna”, pois trata de uma “grande ação evangelizadora”, gerando reflexões e oportunidades de aprendizado desde o início da encarnação.
 
Para fazer o download do panfleto da campanha, clique aqui.