Há 15 anos, Chico Xavier retornava ao Plano Espiritual

 

Na noite do dia 30 de junho de 2002, por volta das 19h30, em Uberaba/MG, o Brasil ganhava e perdia ao mesmo tempo. Na ocasião, retornava à Pátria Espiritual o abnegado e querido médium mineiro Francisco Cândido Xavier, exatamente na data em que a Seleção Brasileira de Futebol conquistava o pentacampeonato na Copa do Mundo, no Japão, vencendo a Alemanha por 2 x 1.

Era um momento de alegria para a nação brasileira, e de luto para todos que acompanharam e conheceram o trabalho de Chico Xavier, que morreu em casa, aos 92 anos, devido a uma parada cardíaca. Desde o ano anterior, a saúde de Chico já vinha debilitando-se em razão de grave pneumonia. Porém, resignado e confiante, sabia que era uma fase própria de uma caminhada cujo desfecho terreno se daria no dia em que toda a nação brasileira estivesse feliz, tal qual advertiu seu mentor espiritual, Emmanuel.

Chico foi velado no Centro Espírita Casa da Prece, e sepultado no Cemitério São João Batista, em Uberaba, no dia 2 de julho daquele ano. Desencarnou pouco antes de completar 75 anos de mediunidade, pela qual trouxe a lume mais de 410 obras de diversos autores espirituais - entre eles, Emmanuel, André Luiz e Humberto de Campos -, e que tiveram mais de 25 milhões de exemplares publicados somente em língua portuguesa.

Hoje, exatos 15 anos após o desencarne do médium, o espíritas e a sociedade prestam-lhe merecidas homenagens por toda uma encarnação dedicada ao bem, à caridade e ao amor ao semelhante. Na página da Federação Espírita Brasileira (FEB), um post de efeméride lembra a data. A Fundação Cultural de Uberaba preparou uma programação especial no Memorial Chico Xavier, com um concerto da Orquestra Municipal de Uberaba, além de declamação teatral de frases e ensinamentos do médium.

 

NA MÍDIA

O assunto foi lembrado, também, pela imprensa brasileira, que rememorou a figura de Chico Xavier e seu legado.

Revista Super Interessante - Inteligência artificial pôs à prova psicografia de Chico Xavier

TV Integração (afiliada Globo no Triângulo Mineiro)

Folha Uberaba

TV Mundo Maior - Documentário 15 Anos sem Chico Xavier

Jornal Estado de Minas (25/06/2017)

 

HOMENAGENS

Chico Xavier foi merecidamente homenageado, tanto quando encarnado, como postumamente. Ao longo de sua vida, recebeu o título de "Cidadão Honorário" em mais de 100 cidades brasileiras. Artistas como Roberto Carlos, Gilberto Gil, Fábio Júnior, Moacir Franco, Nando Cordel e Vanusa compuseram músicas em sua homenagem.

Chico foi indicado ao prêmio Prêmio Nobel da Paz em 1981 e 1982, quando cerca de dois milhões de pessoas mobilizaram-se para colher assinaturas em todo Brasil e em organizações de 29 países pedindo a indicação de seu nome. Em 1999, o então governador de Minas Gerais, Itamar Franco, instituiu a "Comenda da Paz Chico Xavier", outorgada anualmente a pessoas físicas ou jurídicas que trabalham pela paz e pelo bem estar social.

Em novembro de 2000, foi eleito o "Mineiro do Século" em um concurso popular realizado pela TV Globo Minas e disputado com nomes de 'peso' como Ary Barroso, Juscelino Kubitschek, Carlos Chagas, Guimarães Rosa e Betinho. Chico Xavier venceu com 704.030 votos, que eram computados por telefone e internet.

Também foi eleito pelo voto popular como "O Maior Brasileiro de Todos os Tempos", em concurso promovido pelo Sistema Brasileiro de Televisão (SBT) em outubro de 2012. Chico venceu com 71,4% dos votos, disputando com Santos Dumont e Princesa Isabel.

Em 2 de abril de 2010, quando Chico Xavier completaria 100 anos, estreia nos cinemas Chico Xavier - O Filme, dirigido e produzido pelo cineasta Daniel Filho e baseado na biografia As Vidas de Chico Xavier, do jornalista Marcel Souto Maior.

 

PARNASO DE ALÉM-TÚMULO

Não é só a homenagem de desencarne que 2017 rende a Chico Xavier. Em julho, também são completados 85 anos do lançamento de Parnaso de Além-Túmulo - primeira obra mediúnica psicografada por Chico Xavier e lançada ao público pela Federação Espírita Brasileira (FEB).

A União Espírita Mineira realiza, no dia 8 de julho, uma reunião especial para celebrar a data. Saiba mais